As festas do Irão

;

NOWRUZ:

Durante a chegada da primavera, quando a natureza revive e as flores desabrocham, os iranianos celebram o início do renascimento da terra, Nowruz, que é considerado o festival mais antigo e importante do Irão. O ritual persa de boas-vindas à estação verde do ano, Nowruz, é celebrado em muitos países ao redor do mundo, incluindo Afeganistão, Azerbaijão, Tadjiquistão, Índia, Quirguistão, Paquistão, Uzbequistão e Turquia.

Em 13 dias consecutivos, os iranianos celebram o Nowruz com costumes particulares, como colocar a mesa Haft Seen, que consiste em 7 elementos que evocam conceitos diferentes, como crescimento, nascimento, fertilidade, abundância, saúde, bênção. comer algum alimento especial, como arroz com legumes com peixe, visitar parentes, dar presentes a outras pessoas, especialmente os velhos dão presentes para as crianças e vestir se roupas novas como sinal da renovação da terra.

Esta importante celebração está registrada como Patrimônio Cultural Intangível da UNESCO.

Yalda night

Noite de Yalda:

Uma das noites notáveis ​​do mundo antigo dos persas. É a última noite de outono chamada Yalda. Os iranianos celebraram a noite mais longa do ano para celebrar a vitória da luz sobre as trevas.

Esta noite é acompanhada por reuniões familiares e algumas tradições, como a leitura de poemas de Hafiz e Ferdowsi (dois poetas persas proeminentes), comer nozes e doces, além de frutas, principalmente romã e melancia. A primeira é símbolo de bênção e fertilidade, acreditando que traz felicidade por causa de sua cor vermelha. Além disso, a outra como uma fruta do verão, é símbolo do verão e seu calor, acreditando que durante o inverno, o frio e a doença não o derrotarão comendo-o.

Chaharshanbeh Soori

Chaharshanbeh Soori:

Chaharshanbeh soori tem sido considerada a ilustre celebração iraniana que acontece na noite da última terça-feira do ano, apenas alguns dias antes de Nowruz.

Nesse antigo ritual, o fogo desempenha um papel crucial, que as pessoas acendam um fogo para pular sobre ele, acreditando que com essa ação poderão evitar doenças, garantindo bem-estar e saúde durante o ano novo.

De fato, o fogo na história do antigo Irão é um símbolo de relâmpago, pureza e vida. Além disso, a palavra Chaharshanbeh Soori tem duas partes, Chaharshnbeh significa quarta-feira e Soori significa o fogo que realmente merece o nome de festival do fogo.

Este festival emocionante é um primeiro passo para dar as boas-vindas à primavera com a promessa de um novo ano cheio de alegria e a vida.

Sizdah-Be-Dar (dia da natureza):


Um antigo ritual, Sizdeh-Be-Dar, é o 13º dia de Nowruz, que é reconhecido como o dia da natureza. Neste dia, os iranianos desejam fazer a excursão para tornar um dia memorável no último dia de Nowruz.

Como feriado, as pessoas passam grande parte do tempo na natureza neste dia no sentido de respeitar a natureza, acreditando que honrar a natureza, trar_ lhes_ á felicidade e um ano cheio das bênçãos.

Festa da água de rosas:


O cultivo das belas e perfumadas flores, a rosa (flor Mohammadi) no coração da cidade deserta, Kashan, pode ser considerada uma das maravilhas do Irão. Kashan e suas cidades mais próximas, como Ghamsar ou Niasar, hospedam este maravilhoso festival que acontece anualmente desde meio de maio a meio de junho.

A água de rosas ou Golab é o produto final que atrai um grande número de turistas para visitar o processo de conversão de flores de rosas em água de rosas (Golab). De fato, quando os botões de rosa recém-abertos são colhidos nos jardins desta bela planta, eles são levados para as oficinas de produção de rosas para preparar este produto perfumado. Este festival e a água de rosas de alta qualidade produzida tem uma reputação mundial. Vale ressaltar que a cidade de Qamsar é conhecida como o centro da melhor água de rosas do mundo. Este produto também é usado para lavar a Caaba (MECCA), o primeiro e mais significativo local religioso dos muçulmanos.